3 Perguntas que você deve fazer antes de namorar uma pessoa de outra religião

O “namoro missionário” é algo que anda na moda entre nossos jovens e adolescentes. Você ficaria surpreso com a quantidade de cristãos que estão namorando pessoas de outras religiões, na esperança de converte-los ao cristianismo protestante com o tempo. Veja três perguntas cruciais que você deve fazer antes de entrar nessa encrenca.

1 – Quais são as minhas motivações?

Eu entendo que Deus pode usar todas as coisas para trabalhar a favor dos que estão em Cristo, mas eu não posso acreditar que Deus encorajaria um relacionamento de julgo desigual. Obviamente, eu não sou ignorante ao ponto de pensar que Deus não tem abençoado casais que estão em julgo desigual, mas eu ainda prefiro não incentivar que jovens e adolescentes caiam numa armadilha que pode machucar seus corações e abalar a sua fé.

Você pode pensar que tudo o que faz é certo, mas o Senhor julga as suas intenções. (Provérbios 16)

 

2 – Este relacionamento vai dificultar a minha comunhão com Deus?

Seu relacionamento com Deus deve sempre estar acima do seu relacionamento com qualquer outra pessoa, e isso inclui a sua futura esposa. Ninguém que não encoraja você a buscar uma relação com Deus pode ser digna de seu tempo e dedicação. Isto pode parecer um pouco duro, mas eu garanto que essa dica vai fazer a diferença na sua vida, lembre-se de Deus em tudo o que você fizer e ele te mostrará o caminho certo. (Provérbios 3:6)

3 – O que a bíblia diz?

As escrituras são bem claras quando chegam nesse tópico. Embora alguns possam discordar, eu vou compartilhar alguns versos para dar um pouco de luz. Eu não estou querendo dizer aqui que não cristãos são pessoas ruins, conheço pessoas de outras religiões que são seres humanos excelentes, gente da melhor qualidade. Eu quero dizer é que não é aconselhável que você se relacione com pessoas que não possuam os mesmos fundamentos espirituais que você. Cara, isso vai bagunçar a sua vida e ferir o seu coração.

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? (2 Coríntios 6:14)

O relacionamento mais importante do Cristão é o seu relacionamento com Jesus Cristo, qualquer crente leitor da Bíblia vai te falar isso. Qualquer outro relacionamento é secundário, e quando um cristão decide se casar com uma pessoa de outra religião ele precisa se questionar e fazer uma auto avaliação e ver à luz da palavra de Deus se ele(a) está ignorando completamente o que a Bíblia nos ensina.

Não quero ser o “santarrão” e nem dar uma de super crente que não possui erros e dilemas, mas gostaria do fundo do meu coração que você refletisse sobre isso e veja se seu relacionamento não cristão está realmente valendo a pena ou se está te multilando espiritualmente.

Que Deus possa te abençoar.

Publicitário, fundador do Marketing Para Igrejas, membro da Primeira Igreja Batista em Unamar e casado com a linda Bianca Andrade. Gosta de livros, música, cinema e tecnologia.

Thiago de Andrade Autor

Publicitário, fundador do Marketing Para Igrejas, membro da Primeira Igreja Batista em Unamar e casado com a linda Bianca Andrade. Gosta de livros, música, cinema e tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *